VISITAS TÉCNICAS

Centro de Esterilização de Cães e Gatos e Zoológico serão fiscalizados na quinta

Comissões vão conferir atendimento prestado na unidade Oeste e situação dos animais mantidos pela Fundação Zoobotânica 

terça-feira, 21 Setembro, 2021 - 13:15
Foto: Avanilton Aguiar/PBH

Os serviços públicos gratuitos de esterilização de cães e gatos cumprem um importante papel no controle da reprodução desses animais, contribuindo para redução do abandono e prevenção de zoonoses no município. Na próxima quinta-feira (23/9), a partir das 14h, a capacidade de atendimento e a qualidade dos serviços prestados na unidade do Centro de a Gerência Regional Oeste serão fiscalizadas in loco pela Comissão de Saúde e Saneamento. Às 9h da manhã do mesmo dia, a Comissão de Meio Ambiente, Defesa dos Animais e Política Urbana irá ao Jardim Zoológico da cidade, na Pampulha, a fim de conhecer de perto a estrutura física e o funcionamento do espaço, a rotina de cuidados e as condições de bem estar dos animais silvestres e selvagens que habitam o local.

Requerida por Irlan Melo (PSD), a visita técnica da Comissão de Saúde e Saneamento ao Centro de Esterilização de Cães e Gatos da Gerência de Controle de Zoonoses da Regional Oeste tem a finalidade de averiguar a estrutura física do equipamento, os recursos humanos e materiais, a qualidade dos serviços prestados, o tempo de espera e e a capacidade de atender a demanda da população. Para fornecer os dados e informações sobre a unidade e avaliar possíveis melhorias a serem implementadas são aguardados o subsecretário de Promoção e Vigilância à Saúde, Fabiano Pimenta; a gerente de Zoonoses Oeste e responsável pelo Centro de Esterilização, Denise Ribeiro esquita; e o coordenador de Atendimento da Regional Oeste, Sylvio Ferreira Malta Neto. O endereço é Rua Alexandre Siqueira, 375, Bairro Salgado Filho.

Para justificar a fiscalização desse e de outros Centros de Esterilização de Câes e Gatos que requereu à comissão, o parlamentar alega que, além de reduzir o número de animais abandonados e soltos pelas ruas, sujeitos a maus tratos e acidentes, o controle populacional ajuda a conter a disseminação de diversos patógenos que podem ser transmitidos por eles aos seres humanos. Dessa forma, a oferta de serviços de esterilização eficazes, gratuitos e acessíveis a toda a população é um fator relevante para a saúde pública e deve ser devidamente fiscalizada.

Jardim Zoológico

Também no dia 23 de setembro, a partir das 9h, a Comissão do Meio Ambiente, Defesa dos Animais e Política Urbana realizará uma visita técnica requerida por Duda Salabet (PDT) e Wanderley Porto (Patri) à Fundação Zoobotânica de Belo Horizonte (Zoológico e Jardim Botânico) com o objetivo de vistoriar a estrutura física do espaço e conhecer de perto as rotinas de trabalho, cuidados e condições em que vivem os animais silvestres e selvagens mantidos pelo órgão. Segundo Wanderley, a solicitação foi motivada pelo recebimento de vários relatos e denúncias e a atividade já estava prevista no Plano de Trabalho da Comissão Especial de Estudo – Defesa e Proteção dos Animais.

Para acompanhar a fiscalização, foram convidados o presidente da Fundação Zoobotânica de Belo Horizonte, Sérgio Augusto; e o secretário municipal de Meio Ambiente, Mário Werneck, e todos os demais vereadores interessados. O encontro dos paticipantes será na portaria principal do equipamento, situada à Av. Otacílio Negrão de Lima, 8.000, na Pampulha.

Superintendência de Comunicção Institucional