AUDIÊNCIA PÚBLICA

Políticas públicas voltadas ao climatério e à menopausa estarão em debate

Audiência será nesta quarta, às 13 horas. População já pode enviar perguntas e comentários por meio de formulário eletrônico

segunda-feira, 17 Outubro, 2022 - 16:00
Foto: EBC

A fase biológica da vida da mulher que compreende a transição entre o período reprodutivo e não reprodutivo é denominada climatério, enquanto que a menopausa, um marco dessa fase, corresponde ao último ciclo menstrual da mulher, que acontece geralmente em torno dos 48 a 50 anos de idade. Esses fenômenos podem acarretar sintomas como suores repentinos, cansaço, mal-estar, transtornos depressivos, entre outros. Com a finalidade de debater quais são as ações e políticas públicas existentes sobre Menopausa e Climatério e como aprimorá-las, a Comissão de Saúde e Saneamento, por requerimento de Cláudio do Mundo Novo (PSD), irá realizar uma audiência pública, nesta quarta-feira (19/10), às 13h, no Plenário Helvécio Arantes. O encontro será transmitido ao vivo pelo Portal CMBH, podendo a população enviar perguntas, comentários e sugestões por meio de formulário eletrônico.

No requerimento, Cláudio do Mundo Novo defende a necessidade de se debater e divulgar o que é a menopausa e o climatério; a importância de um acompanhamento médico individualizado e humanizado; bem como a discussão acerca das políticas públicas adotadas no município e da necessidade de melhoria das mesmas frente ao aumento da expectativa de vida da mulher. É esperado que no ano de 2050 mais da metade das mulheres brasileiras estejam com mais de 40 anos. Além disso, segundo o IBGE, uma mulher nascida no Brasil em 2019, por exemplo, tem expectativa de viver, em média, até os 80,1 anos.

Conforme Cláudio do Mundo Novo, cabe ao poder público buscar medidas que promovam a saúde e a disponibilização de tratamentos atuais e eficientes para a população. O vereador também chama a atenção para o projeto de sua autoria que deu origem à Lei 11.350/2022, que institui a semana do dia 1º de outubro como Semana de Conscientização sobre a Menopausa em Belo Horizonte. “No dia 18 de outubro é comemorado o Dia Mundial da Menopausa, data que nos lembra da importância desse assunto, infelizmente ainda pouco debatido”, afirma.

Foram convidados a participar da audiência representantes da sociedade civil, da Secretaria Municipal de Saúde e especialistas nas áreas de medicina, direito, farmácia e bioquímica.

Protocolo de Atenção

De acordo com o Protocolo de Atenção ao Climatério da Secretaria Municipal de Saúde, a abordagem da saúde da mulher no climatério não pode se restringir ao aspecto biológico, devendo contemplar os aspectos psicológicos e culturais, os mitos e os aspectos relacionados às desigualdades sociais e de gênero. Além disso, deve-se identificar pacientes que apresentam fatores de risco para desenvolvimento de doenças, através de anamnese cuidadosa e exame físico geral e ginecológico, responsabilidades das equipes de atenção básica à saúde, que também devem promover hábitos de vida saudáveis.

O Protocolo salienta, ainda, que o período do climatério é uma fase em que a mulher apresenta uma maior vulnerabilidade, com aumento da incidência de doenças crônicas (hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes, hipotireoidismo, osteo-artrites), câncer ginecológico (colo uterino, mama, endométrio, vulva, ovário), doenças sexualmente transmissíveis, osteoporose, transtornos depressivos, entre outros.

Há, contudo, muitas mulheres que passam pelo climatério sem queixas. Já para aquelas que apresentam sintomas, pode-se, conforme o caso, ser indicado o uso de fitoterápicos, terapia hormonal, entre outras medidas, conforme expõe a publicação Protocolos da Atenção Básica: Saúde das Mulheres, do Ministério da Saúde, datada de 2016, .

Superintendência de Comunicação Institucional