EDUCAÇÃO

Questionários serão enviados a escolas para avaliar adequação ao retorno presencial

Todas as escolas receberão questionário; 36 delas, das nove regionais, passarão por escuta mais detalhada

quinta-feira, 11 Março, 2021 - 15:30
Foto: Taken por Pixabay

Diagnóstico da adequação das escolas de ensino infantil e fundamental da rede municipal para o retorno das aulas presenciais no cenário da pandemia será feito pela Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura, Desporto, Lazer e Turismo. Em reunião nesta quinta-feira (11/3), foi aprovado plano de trabalho de fiscalização e monitoramento das unidades para garantir segurança aos estudantes, famílias, professores e toda a comunidade escolar. A primeira etapa será o envio de questionário a todas as escolas; na sequência, 36 unidades das nove regionais passarão por uma escuta mais detalhada sobre questões ligadas aos protocolos de volta às aulas. Os resultados serão expostos em audiência pública no dia 30 de abril. 

Autora do plano de trabalho, Macaé Evaristo (PT) explicou que, em Belo Horizonte, embora haja orientações específicas para o retorno das atividades escolares, ainda não há um diagnóstico claro que comprove a real situação da rede municipal para saber se as escolas estão prontas para receber os estudantes. Por conta disso, a vereadora explicou que “é preciso buscar compreender e avaliar as adequações sanitárias, de infraestrutura e pedagógicas das instituições municipais de educação que estão programadas, sendo realizadas e o prazo para seu término pelo Executivo”.

Etapas do diagnóstico

A parlamentar contou que a proposta que está sendo apresentada é de um estudo dividido “em várias entregas” e, neste primeiro momento “a entrega está ligada a um diagnóstico”, composto de uma pesquisa qualitativa, com envio de questionário a todas as escolas da cidade, “para mapeamento da situação das mesmas”. Num segundo momento será feita, segundo ela, uma pesquisa qualitativa, em que 36 escolas das nove regionais passarão “por uma escuta mais detalhada sobre questões ligadas aos protocolos e questão da volta às aulas”. A próxima etapa seguirá com o recebimento da pesquisa qualitativa e quantitativa, além do monitoramento do cumprimento das ações do Executivo para atender ao protocolo.

A entrega do relatório da primeira etapa está prevista para o dia 30 de abril, em audiência pública; e das demais etapas a cada bimestre. O estudo foi dividido em nove eixos temáticos: infraestrutura; materialidade (EPI's, materiais de desinfecção, material para testagem, aferição de temperatura, higienização na entrada); procedimentos diários necessários ao reordenamento dos tempos e espaços escolares; transporte escolar;  relação com profissionais de educação, os estudantes e as famílias; especificidades da educação infantil;  especificidades da educação especial; implicações pedagógicas do Protocolo de Funcionamento das Escolas; observação de decréscimo do índice de contaminação dos habitantes.

Visitas adiadas

A comissão também aprovou dois requerimentos de adiamento de várias visitas técnicas. As vistorias foram adiadas devido ao disposto no Decreto Municipal n° 17.562, de 5 de março de 2021, que "suspende, por prazo indeterminado”, as atividades comerciais não essenciais devido à piora dos indicadores relativos à covid-19.

Confira o resultado completo da reunião.

Assista ao vídeo da reunião na íntegra.

Superintendência de Comunicação Institucional