AUDIÊNCIA PÚBLICA

Parlamentares vão realizar balanço sobre o Carnaval 2020 em BH

Entre as maiores do país, a folia envolve mais de 500 blocos de rua e já recebeu cerca de 4 milhões de pessoas no ano passado

sexta-feira, 13 Março, 2020 - 15:45
bloco de rua, foliões caminham pela rua, instrumentos de sopro em destaque
Foto: Nathalia Torres/ Acervo Belotur

Distribuídos em todas as regiões da cidade, mais de 500 blocos ocuparam as ruas da capital durante as festividades do Carnaval 2020. Assim como no ano anterior, milhões de foliões curtiram a festa e movimentaram a cidade. Para conhecer os reais impactos para o município, assim como avaliar a estruturação de políticas públicas sólidas que garantam a folia, a Câmara de BH realiza, na próxima terça-feira (17/3), audiência pública conjunta das Comissões de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor e de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura, Desporto, Lazer e Turismo. A atividade está prevista para as 18h30, no Plenário Paulo Portugal.

Coautoras do requerimento para a audiência, as vereadoras Bella Gonçalves (Psol) e Cida Falabella (Psol) explicam que a expectativa é discutir políticas estruturantes para o carnaval de BH, partindo de um balanço coletivo da edição de 2020. O debate seria na perspectiva da continuidade da folia “como política cultural na cidade, bem como que tal política seja garantidora dos diversos direitos humanos afeitos à realização da festa, tais como: trabalho, acessibilidade, segurança pública, preservação das manifestações da cultura popular e acesso à cultura”.

São esperados para a audiência os secretários e secretárias municipais de Governo, Paulo Lamac; de Cultura, Fabíola Moulin; de Política Urbana, Maria Caldas; de Assistência Social, Maíra Colares; e de Segurança Pública, Genilson Zeferino. Foram convidados também o presidente da Belotur, Gilberto Castro; a diretora de Eventos da Belotur, Marah Costa; o presidente da BHTrans, Célio Bouzada e o superintendente da SLU, Genedempsey Bicalho. Ainda, devem comparecer representantes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, do Ministério Público, da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, das Escolas de Samba, dos Blocos Caricatos, dos Blocos de Rua, dos Trabalhadores e Trabalhadoras Ambulantes e dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis.

Superintendência de Comunicação Institucional