VISITA TÉCNICA

Instalações dos shoppings populares Tupinambás e Caetés serão verificadas

Denúncias de lojistas apontam precariedade e descaracterização da finalidade original dos estabelecimentos

segunda-feira, 19 Junho, 2017 - 17:00
Fachada lateral do Shopping Popular Tupinambás, em Belo Horizonte
Imagem: Google StreetView

Motivada por relatos e denúncias de ex-camelôs que se tornaram lojistas em shoppings populares da capital, a Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor realizará visita técnica na próxima quinta-feira (22/6) às unidades Tupinambás e Caetés, com a finalidade de verificar sua estrutura e condições de funcionamento. Situados na região central de Belo Horizonte, esses estabelecimentos foram criados na gestão do ex-prefeito Fernando Pimentel com o objetivo de abrigar e regularizar a situação dos comerciantes informais, retirando-os das ruas. A atividade terá início às 14h, na portaria do Shopping Tupinambás.

De acordo com a requerente da visita técnica e integrante da comissão, vereadora Áurea Carolina (Psol), relatos apresentados em audiências públicas por ex e atuais comerciantes, que se queixaram da dificuldade de manter seus pequenos comércios, motivaram a necessidade de conferir de perto as instalações e as condições de trabalho às quais se sujeitam os lojistas desses shoppings. Divididos em pequenos estandes, os estabelecimentos foram oferecidos como alternativa para os comerciantes informais que atuavam nas vias públicas do centro da capital, das quais foram removidos pela prefeitura no início dos anos 2000.

Entre outras denúncias, a comissão pretende verificar alegações de descaracterização da finalidade original desses shoppings, com a substituição dos estandes de pequenos comerciantes por grandes lojas, supermercados e até estacionamentos, além de conhecer as condições de funcionamento e de gestão dos estabelecimentos. Reclamações apontam ainda condições precárias de segurança e acessibilidade, inflação dos preços de aluguéis e taxas cobradas dos lojistas, além da sublocação irregular de espaços. A relatoria da atividade ficou a cargo da própria Áurea Carolina.

Prefeitura e lojistas

Para acompanhar a visita técnica, além de vendedores ambulantes, lojistas e representantes da administração dos shoppings populares Caetés e Tupinambás, foi convidada a secretária municipal de Serviços Urbanos, Maria Caldas.

Superintendência de Comunicação Institucional