ANIVERSÁRIO DE BH

Refeitório Popular volta a funcionar na Câmara com melhorias para o público

O restaurante interno do Legislativo também teve a reforma entregue. Até fevereiro de 2018, os serviços estarão em funcionamento

terça-feira, 12 Dezembro, 2017 - 13:30
Foto: Karoline Barreto/CMBH

Coroando as comemorações do aniversário de Belo Horizonte, que completa 120 anos nesta terça-feira (12/12), a Câmara Municipal e a Prefeitura de BH reinauguraram o Refeitório Popular João Bosco Murta Lages e o Restaurante Heleno de Oliveira, fechados para reformas há cerca de um ano e meio. Mais de 500 almoços foram servidos nesta tarde no refeitório, que tem capacidade para oferecer até 20 mil refeições por mês. Já os serviços do restaurante interno serão assumidor por empresa licitada, que deve começar a servir lanche e almoço até fevereiro do ano que vem.

Ressaltando a importância da parceria entre os Poderes Executivo e Legislativo, o presidente da Câmara Municipal, vereador Henrique Braga (PSDB), afirmou que "é uma honra devolver o refeitório popular no dia do aniversário da cidade, ajudando principalmente pessoas carentes da capital". Braga contou que logo nos primeiros dias de sua gestão estabeleceu a reabertura do refeitório como uma de suas prioridades e que delegou a condução dos trabalhos ao 1º vice-presidente, vereador Orlei (Avante).

O prefeito Alexandre Kalil comentou que considera simbólico um restaurante popular instalado na "casa do povo de BH". Kalil reforçou que a Câmara Municipal é, por sua vez, muito importante para a Prefeitura, possibilitando a construção de uma cidade melhor e mais responsável.

Para a secretária municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, Maíra Colares, os refeitórios e restaurantes populares representam uma relevante política de segurança alimentar para o Município. Aberto em 2004, o equipamento foi fechado em junho de 2016 para obras de melhorias da rede hidráulica, da cozinha e do lavabo, além da aquisição de utensílios e equipamentos, no valor total de R$ 63 mil.

Durante a programação, foi feita uma homenagem às famílias Murta Lages e Oliveira, em memória aos ex-conselheiros da PBH que deram nome ao refeitório e ao restaurante interno. Procedeu-se, depois, ao descerramento da placa e ao corte simbólico da fita inaugural do refeitório.

Funcionamento

O Refeitório Popular vai funcionar de segunda a sexta-feira, apenas para o almoço, de 11h às 14h, ao preço de R$ 3,00. As refeições são gratuitas para pessoas em situação de rua, cadastradas pela Prefeitura, mediante apresentação de documento de identidade e comprovante de cadastramento. Beneficiários do programa Bolsa Família têm direito a 50% de desconto no serviço.

Restaurante Heleno de Oliveira

Após a reinauguração do Refeitório Popular, o presidente da Câmara de BH reinaugurou, também, o Restaurante Heleno de Oliveira, que passou por reformas. Conforme explicou Henrique Braga, as obras foram fruto de convênio entre a CMBH, a Sudecap e Caixa Econômica Federal, que custeou as intervenções. A empresa Mangiare Buffet e Produções Artísticas Ltda, que venceu a licitação por meio de pregão presencial em fevereiro de 2016, assumirá o serviço e deve operar normalmente a partir de fevereiro de 2018.

Também estiveram presentes à inauguração do Refeitório Popular João Bosco Murta Lages e do Restaurante Heleno de Oliveira os vereadores Orlei (Avante), Nely (PMN), Catatau (PSDC), Edmar Branco (PTdoB), Gabriel (PHS), Irlan Melo (PR), Pedrão do Depósito (PPS) e Pedro Patrus (PT). 

Superintendência de Comunicação Institucional

[flickr-photoset:id=72157667363001709,size=s]

[flickr-photoset:id=72157663579016268,size=s]