AUDIÊNCIA PÚBLICA

Demanda por criação de Centro de Referência Indígena em debate na Câmara

Equipamento serviria para formular políticas públicas, acolher e apoiar os povos originários, além de assegurar a valorização de sua cultura

quarta-feira, 3 Maio, 2017 - 18:45
Indígena e ave
Foto: Priscila Bartolomeu / PBH

Mesmo servindo como moradia ou local de passagem para mais de três mil indígenas de diversas etnias (Pataxó, Aranã, Xacriabá, Krenak, entre outras), Belo Horizonte e Região Metropolitana não contam com um centro de referência para recebê-los e apoiá-los. Para discutir a possibilidade de criação de tal equipamento público, a Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura, Desporto, Lazer e Turismo irá realizar, por solicitação da vereadora Cida Falabella (Psol), audiência pública nesta quinta-feira (4/5), às 9h30, no Plenário Amynthas de Barros.

De acordo com a parlamentar, a realização da audiência se justifica pela existência de crescente população indígena vivendo em Belo Horizonte em situação de grave vulnerabilidade social. Além disso, Cida Falabella aponta a necessidade de formulação de políticas culturais que assegurem meios de difusão e valorização da cultura dos povos originários como outra das motivações que levaram à solicitação da audiência.

São esperados na audiência representantes do Ministério Público Federal, da Defensoria Pública Federal, da Fundação Nacional do índio (Funai), da Morar Indígena-UFMG, da Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte, da Secretaria Municipal de Políticas Sociais, do Comitê Mineiro da Causa Indígena, Secretaria Estadual de Direitos Humanos e da Secretaria Especial de Saúde Indígena.

Superintendência de Comunicação Institucional