VISITAS TÉCNICAS

Escolas Tancredo Phideas e Aurélio Pires receberão vereadores para vistoria

Comissão de Educação segue verificando se os protocolos de segurança para o retorno às aulas presenciais estão sendo cumpridos

segunda-feira, 16 Agosto, 2021 - 10:45
Estudante com máscara escreve em papel
Foto: Cláudio Rabelo / CMBH

As escolas municipais Tancredo Phideas Guimarães e Aurélio Pires vão receber visitas técnicas da Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura, Desporto, Lazer e Turismo nesta terça-feira (17/8). Solicitadas por Marcela Trópia (Novo), Rubão (PP), Professora Marli (PP), Duda Salabert (PDT) e Wilsinho da Tabu (PP), as visitas têm o objetivo de verificar se os protocolos de segurança para o retorno às aulas presenciais estão sendo cumpridos de forma eficiente. As atividades serão iniciadas na Escola Municipal Tancredo Phideas Guimarães (Rua Saturni, nº 9, Vila Satélite), às 9h; e concluídas na Escola Municipal Aurélio Pires (Rua Barrinha, nº 171, Bairro Liberdade), a partir das 10h30.

A justificativa para o requerimento explica que, diante do retorno parcial das aulas de forma presencial, com a melhoria dos índices de contaminação por coronavírus, a volta integral das atividades se mostra iminente. Nesse contexto, é necessário visitar os aparelhos municipais, que receberão alunos e profissionais da educação, para assegurar que as condições de segurança estejam sendo cumpridas e minorar as possibilidades de contágio pelos estudantes e profissionais.

Em Belo Horizonte, o retorno às aulas presenciais foi autorizado para alunos da educação infantil e estudantes do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, porém, em dias alternados. Decreto publicado pelo Executivo no dia 23 de julho permitiu que as aulas do ensino médio pudessem ser retomadas de segunda a sábado, sem restrição de horários.

Escolas

O cenário observado em visitas anteriores é positivo. Nos dias 3 e 4 de agosto, a Comissão visitou as escolas municipais de Educação Infantil Mantiqueira, Itamarati e as escolas municipais  Professor Tabajara Pedroso, Salgado Filho e Oswaldo Cruz Emoção.

Vereador Rubão considerou que a grande maioria das escolas está preparada para o retorno presencial às aulas, com bebedouros isolados e marcações definindo limites de distanciamento entre os alunos, pintura renovada e janelas com ventilação. Professora Marli corroborou que as escolas estão aptas a receber os estudantes, seguindo todos os protocolos para um retorno presencial seguro. Ela disse que se surpreendeu na Emei Goiânia, onde se encontrou com dois alunos com doenças raras que frequentam a unidade. Para ela, as Emeis são um exemplo de escola em Belo Horizonte, e as crianças precisam frequentar um ambiente acolhedor, limpo, que cuida da higiene e oferece alimentação aos estudantes. “O desenvolvimento social desses alunos só se dará a partir desse convívio. Lugar de criança é dentro da escola”, concluiu a vereadora.

Em visitas realizadas no período de recesso, Marcela Trópia verificou que os pisos das escolas foram reformados para facilitar a higienização e as salas de aula foram readequadas, com a instalação de janelas mais amplas, para circulação e ventilação de ar. Nas vistorias, constatou-se, ainda, qualidade satisfatória dos equipamentos de proteção individual (EPIs), como máscaras e álcool em gel, em estoque suficiente.

Superintedência de Comunicação Institucional

Tema: