AUDIÊNCIA PÚBLICA

Casas às margens do Córrego Cercadinho correm risco de desabar

Reunião vai debater medidas imediatas contra desastres, bem como plano de obras de saneamento

segunda-feira, 21 Maio, 2018 - 13:30
Foto: gabinete vereador Gilson Lula Reis

As condições ambientais, sanitárias e das residências localizadas à beira do Córrego Cercadinho, no Bairro Havaí, Região Oeste da capital, serão discutidas em audiência pública externa promovida pela Comissão de Meio Ambiente e Política Urbana, nesta terça-feira (22/5). De acordo com o requerente, vereador Gilson Lula Reis (PCdoB), os moradores alegam que as casas estão em risco de desabamento, após as obras de saneamento realizadas pela Copasa, tendo sido agravados em decorrência de fortes chuvas. Para facilitar a participação da comunidade, o debate será realizado às 19h, na Escola Municipal Amynthas de Barros, localizada à Rua San Salvador, nº 71, no Bairro Estrela Dalva.

Em visita técnica realizada pela comissão ao local, no dia 25 de abril, foi constatado que diversas casas às margens do córrego Cercadinho estão trincadas e com risco de desabamento. De acordo com a comunidade, os problemas teriam começado após a realização de obras de saneamento por parte da Copasa. Após intervenções da Companhia, a água da chuva passou a empoçar, levando o concreto que ajudava a segurar um barranco às margens do córrego a ceder. Durante a vistoria, os moradores relataram ainda não terem recebido apoio da PBH e da Copasa e temem que a situação se grave.

A expectativa é que na audiência pública sejam abordados aspectos como a situação das intervenções previstas pelo Drenurbs e outros programas de obras e saneamento, bem como as medidas imediatas para solucionar os problemas do córrego, especialmente na área compreendida entre a ponte da Rua Zilah, no bairro Havaí, até o Ribeirão Arrudas.

Foram convidados para a audiência representantes da Companhia Urbanizadora de Belo Horizonte (Urbel), da Superintendências de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) e da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), da Companhia de Saneamento de MG (Copasa) e da Coordenadoria de Atendimento Regional Oeste.

Superintendência de Comunicação Institucional