AUDIÊNCIA PÚBLICA

Pais e educadores vêm à Câmara debater impactos da redução do horário das Umeis

PBH quer diminuir em 1 hora atendimento no turno integral e em 30 minutos nos períodos da manhã e da tarde

terça-feira, 19 Dezembro, 2017 - 17:15
Foto: Divino Advincula / PBH

Os impactos da redução do horário de atendimento das Umeis e creches conveniadas da capital serão debatidos em audiência pública da Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura, Desporto, Lazer e Turismo, nesta quinta-feira, às 10 horas, no Plenário Helvécio Arantes. O vereador Pedro Patrus (PT), requerente da audiência, defende o diálogo da Secretaria Municipal de Educação (SMED) com pais, professores e o Conselho Municipal de Educação antes que qualquer medida relativa à redução do período escolar seja tomada.

O parlamentar critica a restrição anunciada pela SMED à abertura de novas vagas para horário integral na educação infantil. Ainda de acordo com ele, há preocupação quanto à possível perda de qualidade com a redução da jornada, bem como com os transtornos que o período mais curto nas escolas infantis trará para as famílias responsáveis por ficar com as crianças, levá-las e buscá-las nas unidades de ensino.

Redução no horário de atendimento

De acordo com o novo planejamento da PBH, haverá uma redução diária de uma hora no turno integral. A Prefeitura propõe que o início das aulas aconteça às 7h30 e o término seja às 17h. Até este ano, o início era às 7h e o término às 17h30.

Já no turno parcial, o atendimento da manhã passará a ser de 7h30 até às 11h30 e, na parte da tarde, de 13h às 17h. Até este ano, o início das atividades no período matutino acontecia às 7h e o término se dava às 11h30. Na parte da tarde, o horário de atendimento ia de 13h até 17h30.

Estão convidados a participar da reunião, que é pública e aberta a qualquer interessado, representantes da Secretaria Municipal de Governo, da Secretaria Municipal de Educação, do Conselho Municipal de Educação, do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Pública Municipal de Belo Horizonte (Sind-REDE/BH), do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, do Fórum dos Direitos da Criança e do Adolescente, do Fórum Mineiro de Educação Infantil e do Movimento de Luta Pró-Creches. As reuniões também são transmitidas ao vivo pelo Portal da CMBH, ficando, ainda, disponíveis para serem assistidas e baixadas, após seu término, por meio deste link.

Superintendência de Comunicação Institucional