CONTRA O CORONAVÍRUS

Presidente da Casa anuncia medidas de prevenção e orientação sobre Covid-19

Contribuindo para conter a propagação do vírus, Câmara de BH promoverá ações preventivas e orientação aos servidores e à população

sexta-feira, 13 Março, 2020 - 19:00
Foto: Mila Milowski/CMBH

Disponibilização de álcool gel nas portarias e outros locais do prédio, desinfecção de superfícies, equipamentos e espaços de circulação foram medidas anunciadas pela presidente Nely Aquino (Pode) na reunião plenária desta sexta-feira (13/3). Para reforçar a prevenção ao novo coronavírus, informações sobre os sintomas e dicas para evitar o contágio serão divulgadas por todos os canais disponíveis, internos e externos. Além disso, a Seção Médica da Casa está sendo equipada e preparada para identificar e encaminhar eventuais casos suspeitos; se necessário, o servidor poderá ser dispensado de comparecer ao local de trabalho. Segundo a vereadora, a mobilização e as ações a serem realizadas têm o objetivo de assegurar o bom andamento dos serviços e funções da Câmara e proteger a população da cidade como um todo.

Ao anunciar as ações que serão promovidas e a ampla divulgação de informações sobre o novo coronavírus e as condutas recomendadas para evitar o contágio, a presidente salientou a importância da colaboração do poder público e da sociedade civil para conter a disseminação da doença, que vem se espalhando por diversos países e já chegou ao estado de Minas Gerais. Segundo ela, é fundamental que a Câmara Municipal faça a sua parte, contribuindo nesse esforço coletivo e preservando a saúde de vereadores e vereadoras, colaboradores e colaboradoras e também do cidadão que participa de eventos, promove manifestações, acompanha reuniões, utiliza os serviços oferecidos ou visita a Casa.

Em sua fala, Nely Aquino também apresentou esclarecimentos e orientações aos colegas, às pessoas presentes e ao público que acompanha as reuniões ao vivo pelo Portal CMBH, discorrendo sobre os sintomas mais comuns, as formas de transmissão e os cuidados preventivos que podem reduzir as possibilidades de contágio e a propagação da Covid-19.

Sintomas e formas de transmissão

A doença causada pelo novo coronavírus, conforme o comunicado lido pela presidente, é muito parecida à gripe comum e pode se manifestar por meio de febre, tosse, dor de garganta, congestão nasal, coriza, mal-estar e dificuldade para respirar. Reforçando que não há motivos de pânico, mas sim de atenção e cuidados, ele informa que aproximadamente 80 a 85 % dos casos são leves, não oferecem riscos à vida e o paciente não precisa ser hospitalizado, devendo permanecer em repouso domiciliar; menos de 5% das pessoas afetadas necessitam de internação com suporte intensivo. Os dados atualizados têm demonstrado uma taxa de letalidade mais significativa entre população acima de 60 anos e portadores de doenças crônicas (hipertensos, cardiopatas, diabéticos, imunodeprimidos, entre outros).

A transmissão do vírus ocorre através de secreções respiratórias de uma pessoa infectada, que podem atingir as pessoas próximas por meio de contato próximo (fala, tosse, espirro, aperto de mão, abraço, beijo) e também pelo contato com superfícies e objetos contaminados.

Medidas de prevenção

Algumas medidas diárias podem ser eficazes na prevenção de propagação desta e de outras doenças respiratórias causadas por vírus e bactérias, como:

  • Lavar as mãos com água e sabão por pelo menos 20 segundos ou usar o álcool gel (sempre que chegar em casa ou no trabalho, utilizar o transporte público, antes de comer, antes e após o preparo de alimentos, antes e depois de entrar em contato com pessoas doentes, sempre depois de usar o banheiro);

  • Evitar tocar olhos, nariz e boca sem higienização adequada das mãos;

  • Evitar contato próximo com pessoas doentes, inclusive apertar a mão, abraçar e beijar;

  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar, com cotovelo flexionado ou utilizando-se de um lenço descartável; se tossir na mão, lavá-la imediatamente;

  • Ficar em casa e evitar contato com pessoas quando estiver doente;

  • Manter os ambientes ventilados;

  • Limpar e desinfectar objetos e superfícies tocados com frequência;

  • Não compartilhar objetos de uso pessoal (talheres, pratos, copos ou garrafas).

De acordo com o protocolo médico atual, ainda não há necessidade do uso indiscriminado de máscaras, recomendadas apenas para suspeitos de contaminação, acompanhantes próximos e profissionais de saúde. Na Câmara, elas serão disponibilizadas ao setor de saúde. As informações serão atualizadas sempre que necessário.

Ações internas

A Seção Médica da Casa, com o apoio da Presidência, já estabeleceu um fluxo de atendimento para orientar o público interno e identificar, o mais breve possível, casos suspeitos, fazer o isolamento e encaminhar para cuidados adequados. Vereadores e colaboradores que apresentem sinais e sintomas compatíveis com a doença do novo coronavírus, tais como febre ou sintomas virais respiratórios, deverão procurar imediatamente a Seção Médica ou serviço de saúde público ou particular para tratamento e diagnóstico. Informações e orientações de condutas serão divulgadas por meio da intranet, cartazes, e-mails, Portal CMBH e redes sociais. 

Visando a higienização de funcionários e frequentadores, serão disponibilizados recipientes de álcool gel antisséptico em todas as entradas do prédio, nas entradas de Plenário e nos demais pontos principais da Casa. Também já foi solicitada a compra de outros insumos necessários, como máscaras para os casos recomendados e equipamentos para os profissionais de saúde (avental descartável, óculos de proteção).

Além disso, as áreas competentes providenciarão a vigilância permanente para a execução frequente e rigorosa de limpeza e desinfecção de superfícies e espaços (elevadores, banheiros, corrimãos, maçanetas, mesas e outros equipamentos utilizados na Câmara).

Por meio de Deliberação, a Mesa Diretora poderá formalizar procedimentos a serem seguidos para fins de eventuais dispensas de servidores suspeitos de contaminação pela Covid-19 e outras medidas internas referentes ao trabalho dos colaboradores e serviços da Câmara, conforme orientação médica.

Superintendência de Comunicação Institucional