BAIRRO COPACABANA

Comissão constata grande fluxo de veículos e risco de acidentes em via próxima à Lagoa da Pampulha

Na visita técnica, a BHTrans informou que desenvolverá, em caráter prioritário, projeto de tráfego para o local

quarta-feira, 30 Outubro, 2019 - 15:00
Presidenta da Câmara Municipal, vereadora Nely Aquino, Carlos Augusto Moreira, presidente do Consórcio de Recuperação da Pampulha, Marcos Vinicius da Silva, da BHTrans, e Neusa Fonseca, da Regional Pampulha, em visita técnica à Rua Raimundo Albergaria Filho, Bairro Copacabana, Região da Pampulha, nesta quarta-feiraq (30/10)
Foto: Bernardo Dias / CMBH

Com trânsito intenso de veículos, principalmente em horário de pico, via próxima à Lagoa da Pampulha, que corta a Avenida Otacílio Negrão de Lima, no Bairro Copacabana, Região da Pampulha, tem sido palco de acidentes. A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário vistoriou, nesta quarta-feira (30/10), as condições da Rua Raimundo Albergaria Filho, verificando a dificuldade, principalmente de veículos de grande porte como ônibus e caminhões, de realizar convergências na via, hoje de mão dupla. Segundo os moradores, há uma rotatória localizada na avenida, o que não facilita o trânsito. Na oportunidade, a BHTrans informou que desenvolverá, em caráter prioritário, projeto de tráfego para o local.

Conforme relatou o presidente do Consórcio de Recuperação da Pampulha, Carlos Augusto Moreira, o asfaltamento da Avenida Francisco Negrão de Lima, nas imediações, bem como a abertura de um Supermercado BH e a construção de um empreendimento de quatro mil apartamentos na região provocaram o aumento do fluxo de veículos. Segundo Moreira, a BHTrans já realizou estudo técnico sobre o trânsito no referido trecho. Os moradores sugeriram que seja avaliada a possibilidade de mudança de direção da via para mão única e a implantação de nova rotatória na Avenida Francisco Negrão de Lima, esquina com Avenida Otacílio Negrão de Lima, e a retirada da já existente.

Encaminhamentos

A presidenta da Câmara Municipal, vereadora Nely Aquino (PRTB), que solicitou a visita, ressaltou o problema da falta de visibilidade dos motoristas para atravessar a Rua Raimundo Albergaria Filho, argumentando que caso se efetive a mudança de direção para mão única, os veículos deverão descer a via. Segundo ela, na visita, a BHTrans constatou a necessidade de intervenção, comprometendo-se a desenvolver um projeto amplo para atender à região, considerando a chegada de novos empreendimentos. “As medidas irão garantir não somente a segurança de motoristas, mas de pedestres que caminham na orla da Lagoa da Pampulha. A Comissão acompanhará o encaminhamento da demanda junto à BHTrans, do projeto à sua  execução”, afirmou.

Também estiveram presentes na visita Marcos Vinicius da Silva, da BHTrans, Farid Sales de Carvalho, da Coordenadoria de Atendimento da Regional Venda Nova, e Neusa Fonseca e Alysson Serra Verde, da Regional Pampulha.

Superintendência de Comunicação Institucional

Visita técnica para verificar a viabilidade técnica para implantação de mão única na Rua Raimundo Albergaria Filho - Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário