EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA

Arte e alegria marcam o encerramento da 11ª legislatura da Câmara Mirim

Referência no país, projeto incentiva o engajamento político e a participação cidadã dos estudantes; edição 2019 trará novidades

sexta-feira, 23 Novembro, 2018 - 19:30
Encerramento da 11ª legislatura da Câmara Mirim, em 22 de novembro de 2018
Foto: Karoline Barreto/Câmara de BH

Com a presença dos 45 parlamentares eleitos em 11 escolas públicas da capital, a Câmara Mirim de Belo Horizonte celebrou na tarde desta quinta-feira (22/11) o encerramento da 11ª edição do projeto, criado em 2008. Após a solenidade, os jovens vereadores entregaram à Comissão de Participação Popular da Casa as proposições formuladas e aprovadas por eles durante as discussões, audiências públicas e sessões plenárias das quais participaram no decorrer do ano, que podem vir a tramitar na forma de indicações e projetos de lei. O encontro contou com a exibição de vídeos e números musicais apresentados por alunos das escolas participantes e foi marcado pela emoção e alegria de todos os envolvidos.

Abrindo a solenidade, Edmar Branco (Avante) e Cida Falabella (Psol), presidente e membra titular da Comissão de Participação Popular, declararam a satisfação e o orgulho de receber os “colegas” do parlamento mirim e saudaram os demais componentes da Mesa, formada por representantes da Escola do Judiciário do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG), Secretaria Municipal de Educação e Centro Pedagógico da UFMG. Edmar Branco elogiou a atuação da Escola do Legislativo da CMBH, responsável pela iniciativa e pela coordenação das atividades, além de todos os demais parceiros e colaboradores, cujo empenho e dedicação contribuíram para o sucesso de mais uma edição do projeto.

Cida destacou a “força das juventudes” e a relevância de sua participação no debate sobre temas de interesse coletivo; a vereadora ressaltou a imaginação e a criatividade das ideias e propostas dos pequenos parlamentares, que refletem o desejo de mudança e a crença na construção de um mundo melhor para todos, trazendo novas esperanças num momento em que a política anda tão desacreditada. Atuante na defesa de uma democracia feminista e no combate ao machismo e à opressão, a vereadora comemorou o protagonismo feminino na Câmara Mirim, na qual a presidência e demais cargos da Mesa Diretora foram ocupados por meninas nas duas últimas edições.

Entrega das propostas

Também compondo a Mesa, a presidente e a vice-presidente mirim de 2018 Ana Vitória Celeste do Carmo Oliveira e Laura Matos Coelho agradeceram a oportunidade de participar do projeto e ressaltaram o aprendizado e as experiências vividas, que proporcionaram novas amizades e abriram novos horizontes. A secretária Mariana Luiza de Freitas Paiva entregou nas mãos do vice-presidente da Comissão de Participação Popular as proposições elaboradas pelos vereadores mirins, baseadas em suas reflexões e discussões e articuladas com as experiências vividas em suas escolas e comunidades. Declarando a emoção em receber as contribuições dos jovens parlamentares, que podem vir a ocupar no futuro o cargo de representantes da população de Belo Horizonte, Edmar Branco e Cida Falabella afirmaram que as propostas serão analisadas com carinho pelo colegiado, que poderá transformá-los em indicações ou projetos de lei.

Agentes multiplicadores

Tereza Silva, da Secretaria Municipal de Educação, Henrique Drummond, da Escola do Judiciário, e Santer Álvares de Matos, do Centro Pedagógico da UFMG, também agradeceram aos professores e diretores das 11 escolas participantes e às diretorias Regionais de Educação, que atuaram de forma “brilhante”, orientando e estimulando o envolvimento dos alunos. Os colaboradores do projeto exaltaram a relevância da instrução dos jovens sobre o funcionamento do processo legislativo e os instrumentos de participação popular, fortalecendo a democracia do futuro. Santer salientou a “missão” da garotada de atuar como agentes multiplicadores, replicando entre amigos e familiares o que aprenderam durante a vivência no parlamento mirim; citando o filme “Homem Aranha”, ele repetiu as palavras do Tio Ben ao sobrinho Peter Parker: “grandes poderes trazem grandes responsabilidades”.

O chefe da Escola do Legislativo da CMBH, Marcelo Mendicino, descreveu as atividades realizadas durante o ano, as eleições realizadas nas escolas aos encontros realizados na Casa, que incluíram a simulação de audiências públicas e sessões plenárias e resultaram na elaboração e votação de proposições sobre os temas debatidos, afirmando que a participação no projeto muda a visão dos jovens sobre a política e estimula sua participação no debate público. O representante da Escola do Judiciário também lembrou aos jovens que essa aproximação foi apenas o começo, e que a presença na Casa do Povo deve tornar-se uma prática cotidiana do cidadão.

Novidades em 2019

Antes do encerramento, a Secretaria Municipal de Educação e a Escola do Legislativo anunciaram novidades para a 12ª legislatura, a ser realizada em 2019: a partir da próxima edição, o Câmara Mirim incluirá a participação de duas escolas da rede estadual e duas da rede particular de ensino. Segundo Marcelo Mendicino, a inovação trará ganhos significativos ao projeto ao acrescentar diferentes perspectivas e permitir a troca de experiências entre jovens que vivenciam realidades diversas, enriquecendo o debate e a busca de soluções construídas coletivamente para a redução das desigualdades e maior qualidade de vida de todos os moradores da cidade.

Cultura e arte 

A celebração também contou com a exibição de vídeos contendo registros dos encontros realizados durante o ano, apresentações da dança folclórica Maculelê, números musicais e fanfarras por alunos das escolas participantes, que acrescentaram um toque de arte e cultura e emocionaram a meninada e os adultos presentes. A diplomação dos vereadores mirins e certificação dos professores responsáveis pelo projeto em cada instituição também foram efusivamente aplaudidas e comemoradas, conferindo à solenidade um clima de festa e confraternização. A sessão foi encerrada no hall de entrada da Casa com o descerramento da foto oficial da presidente da edição 2017 do projeto, Gabriela Hermógenes de Aguilar Souza, que passou a fazer parte da galeria de ex-presidentes mirins.

Superintendência de Comunicação Institucional

Solenidade de encerramento do Projeto Câmara Mirim 2018