AUDIÊNCIA EXTERNA

Comissão vai ao Sofia Feldman para apurar déficit financeiro

Hospital está com salários atrasados e fornecedores rompem contratos por falta de pagamento

sexta-feira, 17 Março, 2017 - 12:00
Foto: SMSA / Portal PBH

O Hospital Sofia Feldman, na Região Norte de Belo Horizonte passa por uma grave crise financeira. O pagamento de fornecedores e o salário dos funcionários estão atrasados. Com o objetivo de apresentar o déficit operacional e cobrar uma contrapartida por parte da prefeitura, a Câmara de BH vai realizar audiência pública externa na próxima terça-feira (21/3). Requerida pelo vereador Cláudio da Drogaria Duarte (PMN) e promovida pela Comissão de Saúde e Saneamento, a reunião vai ocorrer às 19h, no auditório do Hospital Sofia Feldman, localizado à Rua Antônio Bandeira, nº 1060, no Bairro Tupi. 

A maternidade é filantrópica e funciona 100% com recursos do Sistema Único de Saúde (SUS). A unidade conta com 185 leitos e recebe pacientes de outras 300 cidades. Com um custo mensal de cerca de R$ 7 milhões, o hospital acumula hoje um déficit de aproximadamente R$ 1 milhão/mês. Com a falta de recursos suficientes, os principais problemas enfrentados são a falta de remédios básicos para o tratamento de recém-nascidos, o atraso do pagamento de funcionários e fornecedores. Caso o problema não seja resolvido, o atendimento na instituição, que é filantrópica, ficará comprometido, acarretando uma significativa diminuição dos atendimentos, bem como o fechamento de leitos.

Foram convidados para a reunião, dentre outros, secretários municipais e estaduais de Governo e de Saúde, o diretor técnico e administrativo do Sofia Feldman, Ivo Oliveira Lopes, a presidente do Conselho Estadual de Saúde de MG, Simone Gaia Nunes, e o deputado federal Marcelo Aro (PHS).

Superintendência de Comunicação Institucional