MESA DIRETORA

Henrique Braga é eleito presidente da Câmara de BH

Reunião durou quase quatro horas e chegou a ter 14 chapas inscritas. Grupo de seis vereadores vai comandar a Casa por dois anos

domingo, 1 Janeiro, 2017 - 20:15
Foto: Eduardo Profeta/Câmara de BH

O vereador Henrique Braga (PSDB) foi escolhido por 21 parlamentares, neste domingo, 1º de janeiro, para presidir a Casa pelo biênio 2017-2018. Os vereadores Orlei (PTdoB), Léo Burguês de Castro (PSL), Nely (PMN), Juliano Lopes (PTC) e Catatau da Itatiaia (PSDC) foram eleitos, respectivamente, para os cargos de 1º vice-presidente, 2º vice-presidente, secretária-geral, 1º secretário e 2º secretário e também exercerão os cargos pelos próximos dois anos. A reunião ocorreu após a posse dos vereadores, prefeito e vice-prefeito, no Teatro Francisco Nunes.

O nome de Henrique Braga foi escolhido em segunda votação, uma vez que no primeiro pleito nenhuma das chapas havia atingido o mínimo de 21 votos necessários de acordo com o Regimento Interno.

Na etapa inicial do processo eleitoral, o vereador tucano obteve 20 votos para o cargo de presidente, Dr. Nilton (PROS) 15 e o vereador Arnaldo Godoy (PT) cinco votos. O resultado favorável a Braga foi maior com a mudança no posicionamento de Jorge Santos (PRB), que votou em Dr. Nilton na primeira etapa, mas, no pleito seguinte, acabou decidindo a favor do parlamentar tucano.

A decisão foi demorada e contou com discursos inflamados dos defensores de Dr. Nilton e de Henrique Braga. Houve críticas mútuas entre os dois grupos.

O presidente eleito, Henrique Braga, afirmou que manterá uma posição de independência em relação ao Executivo Municipal, salientando, entretanto, que sua vitória não representa uma derrota do prefeito Alexandre Kalil (PHS).

Atribuições da Mesa

O mandato da Mesa Diretora tem duração de dois anos. Competem a seus membros coordenar as atividades legislativas, bem como exercer a administração da Casa.

É função do presidente, dentre outras atividades, representar e administrar a Câmara, autorizar despesas e assinar correspondência oficial, além de convocar e presidir reuniões. O 1º e o 2º vice-presidente o substituem em caso de ausência, bem como exercem atribuições oficialmente delegadas por ele. Já o secretário-geral controla a inscrição de oradores e os registros de presença dos parlamentares, além de responsabilizar-se pelos livros destinados aos serviços da Câmara. Seus dois vices são responsáveis por substituí-lo quando necessário, além de exercer as funções delegadas pelo titular.

Superintendência de Comunicação Institucional