PROBLEMAS NO TRÂNSITO

Comunidade reclama falta de sinalização em vias do Bairro Lindeia

Mudança de sentido de ruas e instalação de sinalização vertical e horizontal são algumas das demandas

quinta-feira, 21 Fevereiro, 2019 - 13:45
Foto: Divulgação PBH

Mais segurança no trânsito do entorno da Escola Estadual General Carlos Luiz Guedes é a reivindicação de pais de alunos e da comunidade do Bairro Lindeia, localizado na Região do Barreiro, divisa com o município de Contagem. A reclamação foi verificada nesta quinta-feira (21/2) pela Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário, a partir do requerimento do vereador Carlos Henrique (PMN). “A demanda é urgente e vamos cobrar agilidade para que seja resolvida”, afirma o parlamentar.

De acordo com a diretora da escola, Maria de Lourdes Flores, e representantes da comunidade, as vias que circundam a unidade de ensino precisam ser melhor sinalizadas para impedir os constantes acidentes e problemas no fluxo de circulação de veículos. “A situação do trânsito é muito grave. Para trazer mais segurança, até fechamos a entrada da Rua Tiradentes para alunos e deixamos apenas na Rua Aderbal Rodrigues Vaz, mas ainda é comum ocorrerem atropelamentos. Eu mesma já sofri acidente aqui”.

Segundo o representante da BHTrans que atua na Regional Barreiro, Fernando de Paula e Rezende, que participou da vistoria, todas as solicitações serão verificadas e implantadas, se a necessidade for comprovada e com a aprovação da comunidade. “Vamos estudar as demandas e entender a situação do trânsito. Toda mudança de circulação e sentido de vias deve ser discutida com a comunidade antes da execução”, destaca.

Dentre as principais reclamações apresentadas durante a visita técnica estão: sinalização vertical de embarque e desembarque de transporte escolar na Rua Aderbal Rodrigues Vaz; mudança de mão dupla para sentido único na mesma via, no quarteirão em que está localizada a escola, entre as Ruas das Petúnias e Manjericão; construção de passagem elevada para pedestres em frente à escola, assim como instalação de semáforo e sinalização indicando a presença de escola no local.

Carlos Henrique ainda afirmou que, como a escola é de responsabilidade do governo estadual e está localizada na divisa com Contagem, as demandas também serão encaminhadas para a empresa de Trânsito e Transportes de Contagem (Transcon). “Como meu mandato também tem integração com o do deputado estadual Rafael Martins (PRTB), também vou reunir-me com ele para tratar do problema já na próxima semana. O que for de responsabilidade do Município de Belo Horizonte, eu vou cobrar”, garantiu o vereador. Também participaram da atividade, o representante da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), Reuter Ferreira e o assessor parlamentar, Welington Lemos.

Superintendência de Comunicação Institucional

Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário