CIDADANIA

Parlamento Jovem conclui as atividades propondo mais política nas escolas

Propostas dos estudantes serão apreciadas nos legislativos estadual e municipal. Edição 2018 deve pautar o tema violência contra a mulher

quarta-feira, 1 Novembro, 2017 - 20:30
estudantes acompanham leitura de sugestões eleitas pelo Parlamento Jovem
Foto: Abraão Bruck/CMBH

Sem medo de dizer o que pensam, confiantes na possibilidade de mudanças a partir do diálogo franco, dezenas de estudantes, que integram o projeto Parlamento Jovem (PJ), defenderam a construção de novas práticas na esfera pública, que passem necessariamente pela educação política nas escolas. As falas marcaram o encerramento da edição 2017 do projeto, na tarde desta quarta-feira (1º/11), quando foram apresentadas as conclusões da etapa estadual (final) do PJ, que acontece na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. O coletivo de jovens de todo o estado deliberou pelo envio de 17 sugestões aos deputados, propondo medidas ligadas a formação escolar, democracia e participação. Outras nove sugestões, elaboradas e votadas na etapa municipal (realizada no 1º semestre), serão encaminhadas à Comissão de Participação Popular da Câmara de BH.

“Eu detestava política. Achava que isso era assunto só para os governantes. Mas o Parlamento Jovem mudou a minha percepção”, contou a estudante Caroline Martins. “A política está em tudo. Está na nossa rotina, está nas nossas escolhas. E é preciso conhecer nossos direitos para saber defende-los”, alertou a jovem, destacando a importância de se conhecer o sistema político e as formas de participação para que a população possa fiscalizar, cobrar e intervir na gestão pública.

Na mesma perspectiva, o estudante Miguel Guerra lamentou que a formação oferecida pelo PJ não seja uma prática dentro das escolas. “É um espaço que permite que você diga o que quer, onde você não precisa ter medo ou vergonha do que você pensa”, reconheceu o jovem, afirmando a importância do diálogo, de se ouvir as juventudes e se aproximar os estudantes, desde cedo, dos processos democráticos.

“É claro que nem sempre as ideias serão iguais, mas é bom debater com outras pessoas porque a gente cresce com isso. A gente aprende a ouvir e a pensar diferente também”, alertou a jovem Carolaine Rodrigues, que participou do projeto pelo segundo ano consecutivo.

O projeto

Desenvolvido desde 2004, o Parlamento Jovem de Minas é um projeto de formação política, voltado a estudantes do ensino médio e de nível superior, que oferece a esses jovens a oportunidade de conhecer o processo legislativo e os instrumentos de participação popular. O PJ é uma iniciativa da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, em parceira com a PUC Minas e as câmaras municipais de diferentes partes do estado, entre elas a de BH, sob a coordenação da Escola do Legislativo.

A cada ano, um tema de relevância social é escolhido e debatido pelos jovens, que desenvolvem pesquisas, participam de palestras e de processos formativos sobre o assunto. Os encontros mensais acontecem no próprio Legislativo Municipal e nas escolas, com a orientação de alunos de graduação da PUC Minas e servidores. A partir daí, os alunos discutem e elaboram, de forma coletiva, propostas para o enfrentamento do problema em questão. Após amplo processo de votação, as proposições eleitas são encaminhadas para a apreciação das Comissões de Participação Popular (CPP) da Câmara de BH e da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, nas etapas municipal e estadual do projeto, respectivamente.

A etapa municipal do Parlamento Jovem de Minas 2017 contou com a participação de estudantes do ensino médio das escolas estaduais Cândido Portinari e Professor Morais, que discutiram o tema “Educação Política nas Escolas”. Em 2018, o tema central deve ser a violência de gênero contra as mulheres.

Propostas em andamento

Dentre as mais de 20 sugestões de projetos de lei apresentadas e debatidas pelos jovens na etapa municipal, nove foram eleitas como prioridades a serem encaminhadas à CPP da Câmara de BH. As mesmas propostas foram levadas pelos jovens às etapas regional e estadual, tendo sido debatidas em meio a dezenas de proposições dos estudantes dos demais municípios participantes.

Ao final, foram aprovadas 13 sugestões a serem enviadas aos deputados estaduais, distribuídas em três subtemas: (1) Educação Política e Currículo; (2) Interações entre Escola e Sociedade na Formação Política dos Jovens e (3) Educação Política para uma Gestão Democrática e Participativa nas Escolas. As propostas preveem medidas como a inclusão de atividades lúdico-pedagógicas para estudo aprofundado da Constituição Federal; a inserção de debates políticos sobre temas atuais no programa das disciplinas de ciências humanas; a criação de eventos simulados do processo eleitoral junto à comunidade escolar para tirar dúvidas específicas; o incentivo à formação de grêmios estudantis; a implantação de espaços de debates para participação dos alunos no projeto pedagógico e a composição de um congresso apartidário no âmbito escolar para apresentação e solução de demandas de interesse coletivo.

Entre as propostas finais, destaca-se também uma sugestão originária dos estudantes de Belo Horizonte, que atenta para a mediação de conflitos no âmbito escolar. A proposta exige o acompanhamento psicossocial dentro das escolas, buscando minimizar os problemas entre alunos, professores e familiares, assim como favorecer o rendimento acadêmico e o bem-estar dos jovens.

“Ficamos muito satisfeitos de ver o crescimento e o envolvimento desses jovens”, afirma o servidor Milton Ferreira, coordenador da etapa municipal do PJ na Câmara de BH. “A nossa intenção é lançar uma centelha, e esperamos que se desenvolva”, destacou o gestor, lembrando que as formações oferecidas aos jovens já têm gerado mudanças nas escolas. “Uma das estudantes mobilizou os colegas para criação de um grêmio, outros se organizaram para criação de uma horta comunitária...”, destacou o servidor, apontando os caminhos para uma construção coletiva da cidade e do país.

Superintendência de Comunicação Institucional

[flickr-photoset:id=72157686852144092,size=s]