HOMENAGEM

Grande Colar do Mérito Legislativo será entregue a 80 figuras de destaque

Solenidade não foi realizada no ano passado; desta vez serão duas cerimônias em uma, edições de 2021 e 2022

quinta-feira, 24 Novembro, 2022 - 12:30
Medalha do GRande Colar do Mérito Legislativo em estojo, sob uma mesa
Foto: Karoline Barreto/CMBH

A Câmara Municipal de Belo Horizonte irá reconhecer e comemorar o trabalho desenvolvido por pessoas e entidades em prol do bem público com a entrega do Grande Colar de Mérito Legislativo nesta sexta-feira (25/11), às 19h, no Plenário Amynthas de Barros. Neste ano, o evento reúne duas edições (19ª e 20ª), já que em 2021 a solenidade não foi realizada em função da pandemia. A lista de homenageados de 2021 e 2022 inclui arquitetos, médicos, empresários, jornalistas, executivos, militares, líderes religiosos e políticos de destaque, além de instituições que tenham colaborado para o engrandecimento da cidade. Serão entregues 80 medalhas, 36 relativas ao ano passado e 44 relativas a 2022. A cerimônia será transmitida ao vivo pelo Portal CMBH. Veja a lista completa dos agraciados.

Maior honraria concedida pela Casa, o Grande Colar do Mérito Legislativo foi criado em 2003 pela Mesa da Câmara através da Resolução 2.050, em substituição à Comenda da Ordem do Mérito Legislativo Municipal, com o objetivo de homenagear pessoas físicas ou jurídicas, brasileiras ou estrangeiras, que tenham se destacado na construção de uma cidade, de um estado ou de um país melhor. A homenagem foi atualizada pela Resolução 2079/2015, de mesma autoria. Os homenageados são indicados pelos vereadores e pelo Conselho de Agraciamento, formado pelos membros da Mesa Diretora e pelo corregedor da Câmara de BH. Cada edição também conta com um patrono, cuja biografia seja uma inspiração, além de um orador. 

Patronos e oradores

O cartunista e escritor Ziraldo Alves Pinto é o patrono desse ano. Mineiro de Caratinga, Ziraldo nasceu em 1932 e trabalhou nos jornais Folha de Minas, Jornal da Manhã (atual Folha de São Paulo) e jornal do Brasil. Entre suas criações, voltadas para o humor ou para o público infantil, destacam-se o Menino Maluquinho (1980), personagem de livro que ganhou versão no cinema. Desenhista, jornalista, cronista, chargista, pintor, poeta e dramaturgo, Ziraldo ganhou os prêmios literários Jabuti, em 1982 e 1990, e o Prêmio ABL de Literatura InfantoJuvenil, em 2003. Suas obras são consagradas e enriqueceram a arte e a literatura brasileiras, além de serem traduzidas para diversos idiomas e publicadas em revistas conhecidas internacionalmente. Ziraldo será representado no evento pela irmã, Maria Helena Alves Pinto Nagem. O orador oficial de 2022 é o jornalista e presidente da Academia Mineira de Letras Rogério Faria Tavares. Ele possui mestrado em Direito Internacional na Universidade Federal de Minas Gerais (2004), além de ser diplomado em Estudos Avançados em Direito Internacional e Relações Internacionais (2009), na Universidade Autônoma de Madri. 

A patronesse de 2021 é Lilian Neves, assessora acadêmica da Rede Batista há 27 anos e membro vitalício da Academia de Letras, Artes e Cultura do Brasil. Autora do livro “Gestão de transformação educacional: a escola do século XXI”, Alves também atuou como organizadora dos livros didáticos “Formação ética e socioemocional”, produzidos pela Rede Batista de Educação para o “Programa Bene”. Mestre em Administração Estratégica, consultora em Gestão, Educação e Tecnologia, ela também idealizou a metaplataforma educacional Weleto, além de ser palestrante em eventos nacionais e internacionais. A oradora oficial de 2021 é Raquel da Costa, defensora pública-geral de Minas Gerais. Quarta mulher a ocupar o cargo mais alto da Defensoria Pública de Minas Gerais, Raquel da Costa foi coordenadora local da unidade de Nova Lima e assessora jurídico-institucional da Defensoria Pública-Geral.

Superintendência de Comunicação Institucional