ARTES PLÁSTICAS

Mostra na Câmara de BH exibe pinturas de artista com deficiência

Aos 31 anos, o pintor Marcos Farias de Moraes Melo, que tem microcefalia, faz sua segunda mostra individual

segunda-feira, 26 Junho, 2017 - 19:15
Reprodução detalhe do quadro
Imagem: Quadro Marcos Farias - Detalhe

A Câmara de BH recebe nos dias 27 e 28 de julho a exposição Marcos e Marcas, do artista plástico Marcos Farias de Moraes Melo. São telas que falam do mundo interior de um jovem que superou a deficiência para se tornar artista. Ao todo, 20 quadros serão expostos no hall da portaria principal do Legislativo (Av. dos Andradas, 3.100, Santa Efigênia). A exposição é gratuita, pode ser visitada de 8h às 21h.

Assim que nasceu Marcos foi diagnosticado com microcefalia, má formação congênita que impede o pleno desenvolvimento do cérebro. No início, a família temeu que a criança nunca conseguisse falar nem andar. Com o tempo, contudo, esses desafios foram sendo vencidos. O jovem – que hoje tem 31 anos – não só aprendeu a caminhar e a falar, como passou a demonstrar interesse por diferentes manifestações artísticas, como a música e a pintura. Hoje, além de ser artista plástico, Marcos também toca violão e percussão.

Trajetória

A abertura da exposição na Câmara marca um novo passo na carreira do artista, que realiza sua segunda mostra individual. Ao todo, 20 telas serão expostas. Trata-se de imagens abstratas, produzidas a partir do emprego de cores fortes e de pinceladas vigorosas.

A exposição que a Câmara recebe é a segunda realizada por Marcos. A primeira ocorreu em 2015 no espaço Helium, no Bairro Funcionários. O trabalho deu origem ao livro Unidos pela Luz, produzido em parceria com o artista plástico e escritor espanhol Chencho Zocar. A obra, que foi publicada em versão bilíngue pela editora Dayla, traz 21 quadros de Marcos acompanhados por poemas de Zocar.

Superintendência de Comunicação Institucional